domingo, dezembro 18, 2005

Augustus Nicodemus Lopes

Paipóstolo? Essa não!

Eu sabia que ando meio desatualizado, mas não sabia que era tanto assim. Fui tomado de surpresa quando na sala de aula, após criticar a voracidade com que líderes evangélicos se auto-atribuem títulos cada vez mais elevados (pastor, bispo, apóstolo, nesta seqüência), um aluno disse que já existe "paipóstolo", o pai dos apóstolos. Não acreditei. Tive que ir à Internet e fazer uma pesquisa. Lá de Manaus, eis que surge o "paipóstolo"!

É tão rídículo que por uns instantes fiquei atordoado. E mesmo que o tema nem valha uma reflexão séria, e mesmo que outros na Internet já expressaram total repúdio, achei que devia dizer alguma coisa. Primeiro, paipóstolo não faz o menor sentido. Se a intenção era querer dizer "pai dos apóstolos", furou. Pois pai+póstolo não significa nada. "Póstolo" é o quê? A palavra grega, da qual se origina apóstolos, é apostolos. Não é postolos. Começa por aqui.

Depois, não acho que este tipo de coisa é o resultado de megalomania ou soberba. Não, acho que existem motivos mais rasteiros. No fim, acho que é dinheiro mesmo. Pois o paipóstolo logo em seguida lançou a campanha da unção dos nobres, que lhe renderá milhões. Neste jogo, ganha quem for maior, mais elevado e tiver mais poder. E quem é acima de um paipóstolo? (por enquanto, ninguém, mas quem viver, verá).

Só falta aparecer uma "mãepóstola". E o pior, é que já apareceu mesmo, a esposa do referido paipóstolo.

O Senhor Jesus disse que não deveríamos ser chamados de mestres dos homens, pois um só é nosso Mestre, o Cristo. Com isto ele estava proibindo a arrogância e o desejo de dominar sobre os outros. O autor de Hebreus, ao comentar sobre o sacerdócio, diz que ninguém toma para si mesmo essa honra, senão aquele que é chamado por Deus (Hb 5:4). Quando me senti chamado ao ministério, mesmo que soubesse que era uma boa aspiração (1Tm 3.1), relutei por um tempo, considerando a grandeza da honra e da responsabilidade. Todos os profetas do Antigo Testamento, quando chamados por Deus, tremeram diante da responsabilidade da função. Moisés, a mesma coisa. Quando vejo líderes evangélicos subindo vorazmente numa escalada de títulos que eles mesmos inventaram, não vejo ai o Espírito de Deus, mas o espírito deste mundo, o anticristo, que mediante falsos profetas engana as multidões.

E o pior de tudo é a falta de discernimento do povo, que segue após tais pessoas... estava certo quem disse que os evangélicos no Brasil têm a alma católica, que anseia por um papa.

"Eles são do mundo. Por isto o mundo os ouve" (1Jo 4:5).

Augustus Nicodemus Lopes

Postado por Augustus Nicodemus Lopes.

Sobre os autores:

Dr. Augustus Nicodemus (@augustuslopes) é atualmentepastor da Primeira Igreja Presbiteriana de Goiânia, vice-presidente do Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana doBrasil e presidente da Junta de Educação Teológica da IPB.

O Prof. Solano Portela prega e ensina na Igreja Presbiteriana de Santo Amaro, onde tem uma classe dominical, que aborda as doutrinas contidas na Confissão de Fé de Westminster.

O Dr. Mauro Meister (@mfmeister) iniciou a plantação daIgreja Presbiteriana da Barra Funda.

4 comentários

comentários
20/12/05 22:01 delete

Numa ocasião participei de um evento em uma grande comunidade em SP que tinha comprado uns galpões de fábrica, onde estavam funcionando. As pessoas chegavam aos borbotões e os 'lideres' deste rebanho, que provavelmente chegou de ônibus e metro, passavam com seus carros por dentro do 'local de culto' para estacionar ao fundo. Para mim ficou clara a 'demonstração do quanto os líderes são prósperos'. É assim mesmo que a coisa funciona. Em uma cidade do Centro-Oeste, todos os filhos de apóstolos são, 'automaticamente', pastores e bispos (quem sabe deveria ser 'fipóstolo' e a esposa 'epístola'). Infelizmente, nosso povo procura por isto... e quando não há profecia, o povo se corrompe... mas o que guarda a lei, esse é feliz (Pr 29.18)

Responder
avatar
Anônimo
AUTOR
22/12/05 10:07 delete

A onda só começou. Aguardem, pois vem por aí a galope numa mula manca o "vóstolo" (Vô + "póstolo") e quetais. Esse, sim, vai mandar no "paipóstolo"!

O pecado dessa turma é o mesmo de Lúcifer, que pretendeu exaltar-se acima de Deus, e de Adão, caído na esparrela do "como Deus sereis ", que acabou sendo como o Enganador.

Essas pessoas vão no mesmo caminho: de engano em engano, exatamante como o primeiro paipóstolo da mentira.

Responder
avatar
jojo
AUTOR
25/1/09 02:29 delete

Depois do 'paipóstolo' vem tipóstolo, vopóstolo, tetrapóstolo..porque, com certeza, não vão querer perder seus títulos jamais. Deveria ser pelo menos 'patrapósolo'. Como os brasileiros gostam de reduzir as palavras logo serão chamados de 'paipa'..voltando a Roma. Paipa-terra nova...parece nome de peixe!

Responder
avatar
26/8/10 17:13 delete

Sei que faz tempo a ultima postagem e o próprio artigo, mas, vejo que a Igreja que se considera correta, dentro dos propósitos de Deus, não consegue com a Verdade nas mãos conquistar tanto como eles conquistam. Eu concordo com a critica do Reverendo e creio na Bíblia como Palavra de Deus, mas questiono a nossa capacidade de viver o evangelho dinâmico, evangelho vivaz de poder na Palavra e na ação (amor) e na sabedoria em não deixar que a "máquina" eclesiástica assuma o controle da Igreja de Cristo. Por certo, nossas denominações históricas não conseguiram chegar ao coração e mentes das pessoas carentes e que, como sem pastor, caminha e mendiga a bênção e por ela paga qualquer preço. Pena! Também somos responsáveis.

Responder
avatar