quarta-feira, setembro 19, 2012

Augustus Nicodemus Lopes

A Esposa de Jesus?!

Vejam esta notícia no Estadão sobre a descoberta de fragmento onde Jesus diz, "minha esposa...".

Karen King, pesquisadora de Harvard
 que "descobriu" o fragmento.
Já no séc. II apareceram evangelhos apócrifos com histórias fantasiosas sobre Jesus, boa parte deles produzidos por gnósticos e seitas como os Cainitas. A igreja cristã os rejeitou exatamente porque eram recheados destas histórias absurdas. Qual, então, o valor real de um fragmento de 9 linhas supostamente do séc. II sugerindo que Jesus tinha uma esposa, se comparado com os 5 mil manuscritos do Novo Testamento, datados do séc. II em diante, e que omitem qualquer referência ao fato? Mais um exemplo de notícia sensacionalista tipo Código da Vinci.

Aproveito para indicar o excelente artigo de Reinaldo Azevedo sobre este tema.

Augustus Nicodemus Lopes

Postado por Augustus Nicodemus Lopes.

Sobre os autores:

Dr. Augustus Nicodemus (@augustuslopes) é atualmentepastor da Primeira Igreja Presbiteriana de Goiânia, vice-presidente do Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana doBrasil e presidente da Junta de Educação Teológica da IPB.

O Prof. Solano Portela prega e ensina na Igreja Presbiteriana de Santo Amaro, onde tem uma classe dominical, que aborda as doutrinas contidas na Confissão de Fé de Westminster.

O Dr. Mauro Meister (@mfmeister) iniciou a plantação daIgreja Presbiteriana da Barra Funda.

16 comentários

comentários
19/9/12 12:53 delete Este comentário foi removido pelo autor.
avatar
daniel viana
AUTOR
19/9/12 14:24 delete

A impressionante como o homem ele tenta de todas as formas querer levar a descrédito a vida de Jesus.

Reverendo gostaria que o senhor postace um artigo sobre os livros apócrifos dos primeiros séculos e fizesse um comentário sobre porque não foram aceitos. Seria muito bom até para fonte de pesquisa!

que Deus o abençoe,

Daniel Viana Morais

Responder
avatar
daniel viana
AUTOR
19/9/12 14:26 delete

seria muito bom reverendo uma postagem sobre livros apócrifos do novo testamento!

atenciosamente,

Daniel Viana Morais

Responder
avatar
daniel viana
AUTOR
19/9/12 14:28 delete


interessante!

atenciosamente,

Daniel Viana

Responder
avatar
19/9/12 14:41 delete

Daniel,

Já escrevi sobre o assunto, veja:

http://tempora-mores.blogspot.com.br/2011/07/por-que-nao-aceito-os-evangelhos.html

Augustus

Responder
avatar
Ismar Sahdo
AUTOR
19/9/12 16:32 delete

Rev Augustus,

A pesquisadora tb fala outra coisa importante: diz que não há provas de que Jesus NÃO tenha sido casado. Qual sua opinião?

Responder
avatar
20/9/12 14:41 delete

Ismar,

É o tipo de afirmação maliciosa que inverte o ônus da prova. Com milhares de anos de Cristianismo e cinco mil manuscritos do Novo Testamento omitindo este fato, o ônus da prova é dela. Ela é que tem que provar que Jesus era casado. O silêncio dos anos e dos manuscritos é a prova gritante, cabal e definitiva. Ela que desdiga com evidências do mesmo peso, se puder, rsrsrs!

Responder
avatar
Euclides
AUTOR
20/9/12 18:18 delete

Rev. Apenas um reparo. A citação ao cidadão que escreve no site da veja. Pessoas, como ele, não servem de exemplo para nada, a não ser como mau exemplo.

Responder
avatar
21/9/12 13:53 delete

Augustus,

Um texto com uma análise técnica e bastante esclarecedor deste achado foi escrito pelo Dr. Rodrigo Silva (que também foi procurado pela Isto É para falar sobre este assunto).

Segue o texto: Jesus tinha esposa ou a mídia é casamenteira?


Abraços.

Bruno Saavedra
Blog Uma Questão de Perspectiva - http://www.questaodeperspectiva.com

Responder
avatar
21/9/12 22:07 delete

Oi Rev. Sempre visito o seu blog, porque aprendo muito com os artigos nele escrito.Uma pergunta:
Na Bíblia de Jerusalém, no livro apócrifo de eclesiástico 51. vs 30 existe um sujeito chamado Jesus, filho de Sirac. será que existiram outras pessoas com o mesmo nome? É possível?. Bem se eu estiver correto a probabilidade das pessoas com o nome ,Jesus, de serem casada é enorme. O que não gosto é da tendenciosidade do jornal escrever uma matéria que um pedaço de papel com 9 linhas com a frase:minha esposa... tem que ser de Jesus o Cristo.

Responder
avatar
Ricardo N.
AUTOR
24/9/12 10:11 delete

Muito boa a indicação do artigo do Reinaldo Azevedo. Pessoas como ele servem de exemplo: em um país onde todos os políticos são de esquerda, ele defende abertamente valores cristãos (contra o aborto, a agenda gay, pela liberdade de consciência).

Responder
avatar
Bruno
AUTOR
24/9/12 15:34 delete

Não me surpreende, pois o Reinaldo Azevedo já havia manifestado seu apreço pelo Rev. Nicodemus (http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/o-ai-5-gay-ja-comeca-a-satanizar-pessoas-se-aprovado-vai-provocar-o-contrario-do-que-pretende-acabara-isolando-os-gays/).

Mesmo assim, fico feliz de constatar que minhas referências estão em confluência também neste tema.

Responder
avatar
9/10/12 14:51 delete

Como já havia dito: Contra fatos ( 5 mil manuscritos) não há fragmentos.

Responder
avatar
17/10/12 15:41 delete

Muito bom e forte os comentários e o texto. Sou católica, e fico feliz que concordemos em nossa confiança nos escritos bíblicos. Jesus está pra se casar, mas com a Igreja. E como aguardamos esse bendito dia!

Abs e a Paz.
Gleyce.

Responder
avatar
17/10/12 18:06 delete

O celibato não e doutrina católica romana? Jesus era celibatário? Ter esposa seria pecado?

Responder
avatar
18/10/12 15:56 delete

Sr João Arlindo, em nenhum momento dizemos que ser casado é pecado. Seria ir contra a instituição q o próprio Deus criou. O q a tradição e os estudos dizem é q Jesus não se casou. Viveu o celibato para ser somente de Deus, um amor indiviso. Alguns discípulos seus seguiram o seu exemplo, como João Evangelista, Paulo... Já outros eram casados.

Responder
avatar