sexta-feira, abril 29, 2011

Augustus Nicodemus Lopes

Declaração de Fé da Fraternidade Reformada Mundial no ar...

A Fraternidade Reformada Mundial, da qual a IPB é membro fundador juntamente com a PCA e a Igreja Presbiteriana do México, aprovou mês passado uma Declaração de Fé após seis anos de estudo e debate. Participaram da sua elaboração teólogos, pastores, professores e estudiosos dos seis continentes, todos comprometidos com as grandes confissões de fé reformadas.

A introdução da Declaração expõe com clareza os motivos para a sua elaboração. Ela será em breve traduzida para o português e mais uma dezenas de outras línguas. Enquanto isto, para os que lêem inglês segue uma prévia:

DECLARAÇÃO DE FÉ DA FRATERNIDADE REFORMADA MUNDIAL

Augustus Nicodemus Lopes

Postado por Augustus Nicodemus Lopes.

Sobre os autores:

Dr. Augustus Nicodemus (@augustuslopes) é atualmentepastor da Primeira Igreja Presbiteriana de Goiânia, vice-presidente do Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana doBrasil e presidente da Junta de Educação Teológica da IPB.

O Prof. Solano Portela prega e ensina na Igreja Presbiteriana de Santo Amaro, onde tem uma classe dominical, que aborda as doutrinas contidas na Confissão de Fé de Westminster.

O Dr. Mauro Meister (@mfmeister) iniciou a plantação daIgreja Presbiteriana da Barra Funda.

15 comentários

comentários
30/4/11 09:13 delete

Olá Rev. Nicodemus, gostaria de compartilhar minha gratidão por esta Confissão e o reconhecimento do excelente trabalho que foi feito. É, sem dúvida, uma ótima maneira de reafirmar nossa fé neste mundo pós-moderno. Todavia, senti a falta de uma abordagem dos dons espirituais na sessão que trata sobre o Espírito Santo. Desde que o movimento Pentecostal surgiu, este têm sido um campo bastante discutido e que ainda hoje exige de nós uma resposta. Sou cessacionista e gostaria de saber no que crêem a maioria dos ministros reformados da atualidade; creio que seria interessante afirmar uma postura (cessacionista ou não) nesta confissão de fé.

Responder
avatar
Tiago Cesar
AUTOR
1/5/11 16:11 delete

Uau. Não leio quase nada em inglês, mas aguardo ansiosamente pela tradução portuguesa.

Ótima iniciativa a dos irmãos. Ainda existe unidade cristã no mundo, capaz de dialogar e chegar a pontos em comum tão importantes para a perpetuação fiel da fé bíblica!

Que Deus abençoe os irmãos! :)

Responder
avatar
Luis Carlos
AUTOR
1/5/11 17:38 delete

Gostei demais. Acredito que muitas questões modernas que necessitavam de esclarecimentos e um posicionamento mais direto da igreja foram contemplados nesta confissão de fé. Creio também que a Igreja Reformada Brasileira vai crescer muito e será mais um avanço para seu amadurecimento.

Responder
avatar
2/5/11 11:27 delete

Algum pentecostal, que por aqui de plantão, poderia por gentileza, me ajudar na interpretação?

Eu não sei nada!

Desculpem-me pela piadinha inoportuna!

Adonias Reis

Responder
avatar
2/5/11 17:29 delete

Reverendo Augustus, como fico feliz com essa notícia. Me lembro de estar no SPN (Recife - PE), em uma palestra sobre teologia liberal com o sr. como preletor, e lá me foi anunciada em primeira mão a elaboração dessa confissão de fé. Grande passo que a igreja do Senhor está dando, apartir dessa declaração, mas que em minha opinião, "bem atrasado".
E se esse fosse o único problema, quem sabe com o tempo e com ela, a declaração, poderiamos superar essa questão, mas infelizmente não o é.
Temo que essa declaração nem perca sua eficácia, mas na verdade, nem a tenha. Digo isso pelo fato da igreja brasileira ter enraizado na sua natureza uma aversão a qualquer tipo de documento desta natureza. Ela pisa a sua própria historicidade, por mais que se faça e devemos continuar a fazer.
Pois reverendo, desculpe minha franqueza, mas como eu gostaria de me alegrar pela igreja com essa nova declaração, mas não o posso.
Talvez, aqui esteja alguém frustrado com ela e pronto para ser repreendido pelos argumentos contrários, fatos históricos e desconhecidos a mim vindo de uma mente brilhante como a sua. Lhe digo: o sr. me serve muito de inspiração, fortalecendo meu ministério.
Continuemos! Quem sabe dias melhores virão para a igreja...

Responder
avatar
Kairós
AUTOR
2/5/11 22:49 delete

Adonias, a Paz de Cristo Jesus!

Fui ver os comentários e me deparei com as ótimas palavras do irmão Tiago Cesar "Ainda existe unidade cristã no mundo, capaz de dialogar e chegar a pontos em comum tão importantes para a perpetuação fiel da fé bíblica!" Mas como fui infeliz em descer um pouco mais e me deparar com a sua pergunta. E a resposta é sim, sim existe um pentecostal por aqui. Tenho certeza que você está certo: Que piadinha inoportuna!!!

Que Deus o abençoe!

Cleiton Tenório

Responder
avatar
3/5/11 08:10 delete

“Kairos” Cleiton (entendeu o trocadilho?)

Bom dia (pra não ser grosso)

Que tem pentecostal por aqui, isto eu sei. Mas, eu não perguntei se tem pentecostal aqui. Perguntei se tem algum pentecostal para me ajudar na interpretação. Você parece não saber ler. Certamente não poderá mesmo me ajudar.

E que a piadinha é inoportuna, sim. Ora essa, sei disso. Fui eu mesmo que a criei. E já de antemão eu pedi desculpas. Você não sabe, mas, eu perco o irmão, mas perco a piada!

Inte!

Responder
avatar
3/5/11 14:58 delete

Olá Reverendo.

Como foi bom saber dessa confissão.

Com a ajuda do Google, estou lendo. A tradução mecânica está muito clara, provavelmente devido a mesma ter sido escrita de forma bem direta e simplesem inglês.

Mas gostaria de saber do reverendo qual será a autoridade ou influência que essa confissão terá sobre a IPB e outras igrejas que fazem aparte da fraternidade.

Abraços,

Anderson

Responder
avatar
3/5/11 15:03 delete

Mais uma coisa reverendo.

Senti falta dos textos bíblicos para referência como ocorre nas outras confissões.

Isso será feito depois ou não?

Responder
avatar
3/5/11 22:46 delete

Anderson,

Optamos por não citar os textos bíblicos, pois são as confissões que fazem isto e a Declaração não é uma confissão e nem pretende substituir as mesmas.

Não terá qualquer impacto oficial na IPB. Os símbolos de fé da IPB continuam sendo a CFW e os dois catecismos.

Responder
avatar
Kairós
AUTOR
4/5/11 00:23 delete

Adonias, bom dia!

Entendi bem o que o prezado irmão quis dizer, mas não gostei porque pareceu arrogância sua em relação aos pentecostais serem incapazes de interpretar a Declaração. O pior foi “Você parece não saber ler”, o “Bom dia” parece que não amenizou muito sua grosseria. Mas, peço perdão se não me deixei entender através de minha interpretação e resposta e, prefiro parar por aqui, para que não percamos tempo em nos alongarmos demais a uma discussão que não nos levará a nada.

Mais uma vez o meu sincero pedido de desculpas.

Cleiton Tenório

Responder
avatar
Tiago Cesar
AUTOR
4/5/11 00:28 delete

Antes de tudo: ainda não li a Declaração, pois não sei inglês! Esse comentário se refere somente aos comentários anteriores dos irmãos Anderson e Nicodemos.

>>> Ainda que não seja o objetivo da Declaração substituir nossos símbolos de fé, penso que teria sido bom seguir o exemplo dos irmãos que os escreveram, no que se refere à referência bíblica. Ainda mais num meio evangélico tão confuso como o nosso, em que a volta às Escrituras como regra para doutrinas e atitudes é tão imprescindível e urgente, como também o meio mais razoável para a busca pela unidade cristã. Essa é minha humilde opinião, mas também as informações sobre os objetivos da Declaração dadas na postagem são bem poucas pra saber se realmente essa preocupação é ou não necessária.

Abraços fraternais! Fiquem com Deus! ;)

Responder
avatar
4/5/11 17:41 delete

Pr Augustus acho muito relevante estavamos mesmo precisando de uma resposta oficial das igrejas reformadas para os novos desafios que enfretamos em nosso tempo. A proposito, Com todo respeito eu já lhe vi mais gordo.
um grande abraço
Josue & Etianne

Responder
avatar
5/5/11 09:06 delete

“Kairos Kleiton”, “Tenório” que a gente perde a paciência! Rsrsr

Não sei realmente de onde você tirou essa idéia de “irmão Adonias”

Quando digo que eles são esquisitos, o são mesmooooooo!

E quanto ao “Bom dia”, a dona ironia manda-lhe lembranças!

Adonias Reis

Responder
avatar
joão
AUTOR
7/5/11 03:18 delete

Rev.

Haverá alguma tradução oficial da IPB em português do documento?

Parabéns a todos os envolvidos no documento, temos muito a aprender com tudo isso.

Fiquem na paz e na graça do nosso Senhor.

Responder
avatar