quarta-feira, junho 25, 2014

Augustus Nicodemus Lopes

A doutrina das últimas coisas - escatologia

Assista ao mais recente programa Academia em Debate, sobre escatologia: o fim do mundo, a volta de Cristo, o milênio, o arrebatamento e as diferentes posições entre os evangélicos sobre o assunto



Augustus Nicodemus Lopes

Postado por Augustus Nicodemus Lopes.

Sobre os autores:

Dr. Augustus Nicodemus (@augustuslopes) é atualmentepastor da Primeira Igreja Presbiteriana de Goiânia, vice-presidente do Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana doBrasil e presidente da Junta de Educação Teológica da IPB.

O Prof. Solano Portela prega e ensina na Igreja Presbiteriana de Santo Amaro, onde tem uma classe dominical, que aborda as doutrinas contidas na Confissão de Fé de Westminster.

O Dr. Mauro Meister (@mfmeister) iniciou a plantação daIgreja Presbiteriana da Barra Funda.

6 comentários

comentários
25/6/14 22:13 delete

Boa noite Reverendo. A reforma foi um evento escatológico, ou seja, há algum texto bíblico que remete a ocorrência da reforma?

Responder
avatar
26/6/14 00:43 delete

Excelente!

Parabéns rev. Augustus pelo programa. Permaneça firme!

Forte abraço.

Marlon de Oliveira

Responder
avatar
26/6/14 09:20 delete

Sem duvida este programa é muito bom!! minha oração é que este programa entre para Tv aberta.

Pois a Tv aberta, está precisando de programa como esse.

Responder
avatar
26/6/14 16:25 delete

Excelente esse vídeo sobre escatologia, é muito interessante aborda temas que trata o fim do mundo, a volta de Cristo, o milênio, o arrebatamento do ponto de vista bíblico, bom mesmo, Parabéns a todos envolvidos nesse projeto.
Anderson Vieira dos Santos

Responder
avatar
Leony
AUTOR
30/6/14 10:29 delete

Pr, ótimo video. Principalmente no final, quando fala sobre o arrebatamento. Tb a msg que o Sr. ministrou no final foi ótima. Simples mas é a maior verdade do mundo. Analisar a si mesmo e ver em que condições estaremos quando Jesus voltar como juiz.

Se o Sr. puder fazer mais programas com esta temática (escatológica) seria muito edificante. Eu creio que Deus não muda, mas às vezes,diante de tantas perspectivas fica difícil falar sobre esta temática com alguém sem escutar a pergunta: se Deus não muda, como pode a palavra d'Ele, a verdade que é imutável deixar transparecer que expressa várias verdades sobre a mesma coisa?

Alguns dizem que o meu Deus é um Deus de confusão. Sei que não é.

Responder
avatar