sábado, dezembro 24, 2011

Solano Portela

Dores de Cabeça do Natal Secularizado

Dores de cabeça do Natal Secularizado

O natal passou, mas o que ficaria?
Brinquedos trouxeram alguma alegria,
Mas, carro ou avião, também pararia,
Quebra a corda ou falta bateria!

Durou só um dia a animação!
Momento esperado, de antecipação,
Passou num minuto, a empolgação,
E ainda ouvi: “Não quero isso não”.

Depois, com as notas, eu me ocupei
Somando e anotando, por onde passei,
Fiquei abismado, com o que comprei
Seis meses pagando, é o que passarei.

Doem meus pés, lateja a cabeça,
Fiquei apertado e quase esmagado,
Perdi muito tempo e andei a beça,
E para que isso? Pra que resultado?

E não dá pr’a esquecer, da refeição!
A mulher na cozinha, no forno e fogão,
Se esbaforindo, panela na mão,
Cansada, acabada; muita afobação.

E quase morri, de indigestão,
Peru e presunto, e até camarão,
Coxinha, empada, muito salpicão,
Passei quatro horas com o prato na mão

Suado, cansado e atribulado,
Dei pulo da cama, atarantado,
Do Natal, com raiva, apavorado
Reclamo da data, bem abusado.

Calma, marido, não é bem assim!
Exclama a mulher, bem perto de mim,
Você ‘tá sonhando! Não é tão ruim!
O Natal é hoje! Sorria, enfim!

Presentes, nós damos; de muitos lembramos,
Aqueles que em nossa vida prezamos,
Aos quais de bom grado, compartilhamos,
As bênçãos divinas que nós recebemos.

Mas sabemos bem, que o nosso Natal,
Não está nos presentes, nem no festival,
É mais do que isso, consiste, afinal,
Da vinda de Cristo, da morte do Mal!

Solano Portela

Que 2012 venha cheio de bênçãos para todos os nossos leitores e amigos!

Solano Portela

Postado por Solano Portela.

Sobre os autores:

Dr. Augustus Nicodemus (@augustuslopes) é atualmentepastor da Primeira Igreja Presbiteriana de Goiânia, vice-presidente do Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana doBrasil e presidente da Junta de Educação Teológica da IPB.

O Prof. Solano Portela prega e ensina na Igreja Presbiteriana de Santo Amaro, onde tem uma classe dominical, que aborda as doutrinas contidas na Confissão de Fé de Westminster.

O Dr. Mauro Meister (@mfmeister) iniciou a plantação daIgreja Presbiteriana da Barra Funda.

9 comentários

comentários
26/12/11 08:41 delete

Irmão gosto muito do seu trabalho ! da sua forma de expor a palavra de deus e com certeza tem me ajudado muito.

http://www.salvacaoemcristo.com/?p=53

se puder comente, apreciaria muito sua opinião.

Obrigado.

Responder
avatar
Jaime Alves
AUTOR
26/12/11 11:32 delete

Eu quero aproveitar este espaço e lançar um pergunta ao reverendo Nicodemos.

Qual o verdadeiro sentido do natal?!

Numa resposta sem filosofias, sem demagogias, sem fundamentalismos, mas de uma forma prática...

Este poema nada mais é do que a anatomia do natal na atual conjuntura...

E olha que não foi colocado nos versos do poema o alcoolismo em excesso, as brigas oriunda dele, os roubos corriqueiros aos que perambulam pelas metrópoles afoitos para gastar o decimo terceiro, as dividas que ficam...
Jesus!
Isto é tema para um novo debate!...

Responder
avatar
Jaime Alves
AUTOR
26/12/11 11:35 delete

Ah! Desculpem-me ficou uma pontinha de ciume do belo poema de Solano Portela...
Ha!
Aposto que ele não sabe desenhar!
[riso]

Responder
avatar
26/12/11 15:12 delete

Que o SENHOR, continue abeçoando
cada um de vocês, que fazem o Blog,assim como às suas famílias. neste ano que se aproxima.
Abs.

Responder
avatar
27/12/11 16:15 delete

Haha Jaime...
Ele desenha bem e ainda toca guitarra e violão (é roqueiro)

abs
Mauro

Responder
avatar
Jaime Alves
AUTOR
28/12/11 11:27 delete

...Mas o meu pai é mais forte do o dele!

Brincadeiras a parte, você não imagina importância das palavras buriladas neste blog, o quanto elas me edificam!...

Responder
avatar
28/12/11 12:48 delete

Caros Felipe, Luís Henrique e Tânia:
Obrigado pelos comentários e pelos votos de felicitações. Luís Henrique, o Augustus captou sua mensagem - he, he...

Caro Jaime:
Vou deixar para o Augustus a resolução do Enigma do Verdadeiro Sentido... Quanto às dívidas, elas estão mencionadas no poeminha (os seis meses). Ah - dos 16 aos 19 anos, ganhei a vida como desenhista topográfico da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco. Depois que passei no vestibular de Escola de Belas Artes da U. F. de PE (curso de professorado de desenho), decidi me mandar de mala e cuia para os Estados Unidos - abandonando a carreira promissora... he, he (veja: http://tempora-mores.blogspot.com/2006/02/peixe-fora-dgua-ou-um-corpo-estranho.html)

Abraços a todos e um Feliz Ano Novo!

Solano

Responder
avatar
Tiago Santos
AUTOR
2/1/12 12:02 delete

Oi Solano,

Gostei muito de sua veia poetica. Parabens. Seu conto de Natal em prosa e verso ficou divertido e instrutivo.

Foi bom vê-lo outro dia na livraria cultura.

Rogo a Deus que te abençoe ricamente neste novo ano.

Abraços!

Responder
avatar