quarta-feira, dezembro 29, 2010

Solano Portela

Retrospectiva de 2010 e uma palavra de solidariedade

Se existem duas palavras que não se aplicam ao ano de 2010 são, tédio e monotonia. Ele foi repleto de ação, surpresas, acontecimentos marcantes e, sobretudo, de muitas bênçãos divinas e de confirmação dos nossos caminhos. Queremos (Solano e Mauro) fazer uma retrospectiva temática do que aconteceu em 2010, mencionando os posts que foram aqui colocados (note os diversos links, no texto) e dando destaque a um dos últimos acontecimentos, ao qual registramos uma palavra de profunda solidariedade.

1. Tragédias "naturais" – O ano começou com diversas tragédias. O mundo, e não somente o Haiti, foi abalado com o terremoto que ocorreu em 12.01.2010 naquele pequeno país já devastado por décadas de governantes despreparados e aproveitadores. Mais de 200 mil pessoas pereceram e, apesar da massiva ajuda internacional, e em função de promessas de auxílio não cumpridas, agravou-se o caos social, que perdura até hoje. Um post nosso procurou trazer o acontecimento e nossas responsabilidades a um contexto bíblico, ao mesmo tempo em que lembrava as tragédias domésticas, provocadas pelas chuvas, com menor perda de vidas, mas não menos dramáticas e intensas. No mesmo mês de janeiro, a cidade de São Luiz do Paraitinga, em São Paulo, teve o seu centro histórico e outras partes praticamente destruídas. O ano ainda registraria a surpreendente implosão do Morro do Bumba, no Rio, em abril, e as terríveis enchentes no nordeste (Pernambuco e Alagoas), no final de junho.

De menor monta, mas igualmente impactantes e relacionadas com este Blog, tivemos uma nevasca na costa leste dos Estados Unidos (bem mais intensa do que a que está ocorrendo desde 26 de dezembro de 2010, na mesma região) e a erupção do vulcão, na Islândia, de nome tão impronunciável que deveria ser proibido, Fimmvorduhals, que fica na geleira de Eyjafjallajoekull. Esses dois eventos ocorreram no mês de março. A nevasca pegou o blogueiro Solano de surpresa em Nova Jersey. Vôos foram cancelados e ele ficou preso pela neve por três dias na "pitoresca e bela" cidade de Newark. A erupção do vulcão islandês durou meses e fez com que os vôos na Europa fossem interrompidos por vários dias, em abril, perturbando a vida do Mauro e do Augustus, que se encontravam e ficaram retidos na Escócia. Graças a Deus, esses dois últimos acontecimentos, apesar de conturbarem a ordem das coisas em escala mundial, trouxeram apenas prejuízos materiais.

2. Distorções e desvios teológicos – Uma das marcas registradas do nosso Blog tem sido a análise e tratamento, à luz da Bíblia, de distorções e desvios teológicos. Nesse sentido, publicamos seis textos em 2010. Em janeiro, Mauro tratou da Teologia Relacional, que postula um "Deus que não Intervém" e Solano apontou o deslumbramento de certos segmentos evangélicos com a erudição católico-romana, insensíveis às grandes diferenças doutrinárias que nos separam. Em junho, Augustus com sua pena afiada, postou dois textos. O primeiro, com um título instigante, levanta a questão de que Jesus não era cristão, demonstrando que considerar Jesus apenas como exemplo, à custa de sua obra e vida milagrosa, como o verdadeiro Deus, é exatamente o erro dos liberais, e que muitos evangélicos estão caindo na mesma vala. O segundo tratou da providência de Deus, abordando a negação, também sempre presente na teologia relacional, de que Deus não tem controle sobre as chamadas "causas naturais", sendo essas obra do acaso. Augustus rotula essa compreensão, simplesmente, de paganismo. Em agosto ele voltaria ao tema, repercutindo a morte do Dr. Clark Pinnock, com um texto que demonstra o relacionamento íntimo entre o liberalismo e a teologia relacional, sendo o ponto de convergência a negação da inerrância bíblica. Por fim, nessa categoria, Augustus em setembro trataria a Teologia da Libertação, que hoje, apesar de se metamorfosear sob outros títulos, ainda empolga algumas mentes.

3. Teologia da reforma – Obviamente, sendo este um Blog escrito por calvinistas, a exposição direta da teologia da reforma recebeu cinco posts. Em abril, Mauro, apresentou a visão bíblica da Páscoa e o entendimento abraçado pelos reformadores e pela igreja histórica, em suas celebrações. Na tradição dos títulos provocativos, Augustus, em maio, indica que ele mudou. Na realidade, ele tanto mudou de arminiano para uma convicção reformada, mas também substanciou que ser reformado não significa ser refratário a mudanças, quando estamos alicerçados nos pilares imutáveis da fé e nas convicções do que as Escrituras ensinam. É dele também, em junho, uma exposição bem pessoal do calvinismo. Em julho Augustus nos deu um resumo da doutrina reformada "Sola Fides" e em outubro apontou a diferença entre mudar por mudar e reformar de verdade, com "Sempre reformando, ou sempre mudando?".

4. Usos e costumes e questões contemporâneas – As questões contemporâneas receberam nove textos. Em março Solano tratou do descaso com o linguajar, observado no meio evangélico, em um post (Palavrão – "só prá garantir esse refrão?"), que dava como exemplo o que havia escrito um líder de muitos. Como resultado foram recebidos muitos comentários irados de seguidores dele. 63 desses comentários não foram publicados exatamente por conterem inúmeros palavrões, provando o ponto do texto. Na seqüência, no mesmo mês, Solano tratou do pluralismo da era pós-moderna e da intolerância dos adeptos, para com aqueles que não o abraçam.

Em abril, Augustus, abordou uma tendência preocupante no cenário evangélico contemporâneo – o crescimento do número dos desigrejados, que defendem a ausência da necessidade de estarem ligados a uma igreja local, como parte integral das determinações bíblicas aos fiéis. Em maio, Solano repercutiu reportagem da Folha de São Paulo, na qual Daniel Dennett, famosos entre os ateus contemporâneos, inverte os papéis e choraminga que eles estão sendo perseguidos e discriminados. Em junho, Augustus coloca um link para texto seu, expondo 1 Coríntios 1 a 4, tratando a questão das divisões nas igrejas e do culto às personalidades. A problemática do divórcio foi abordada por Augustus em duas ocasiões, no mês de julho, repercutindo reportagens sobre as recentes decisões que facilitam o processo e pesquisa realizada entre pessoas religiosas. Sintonizado com divulgações da grande imprensa, ainda em julho, Augustus escreveu post esclarecedor sobre reportagem da revista Época, sobre os Novos Evangélicos. Em dezembro, republicou texto de Solano, tratando do curioso movimento observado no meio evangélico contra a celebração do Natal de Cristo Jesus.

5. Cartas – O Tempora abrigou quatro artigos em forma de cartas, em 2010. Todas elas foram escritas a personagens fictícios (assim garante o autor) pelo Augustus, tratando de temas da atualidade de maneira humorada, mas penetrante. Receberam essas cartas, em fevereiro o Jean Martin Ulricho, um pastor envolvido com o neo-puritanismo; em junho, a Bispa Evônia, defensora ferrenha da ordenação feminina; em julho, o Rev. Van Diesel, um pastor que decidiu lubrificar o seu ministério introduzindo a unção com óleo como prática litúrgica; e, em setembro, um jovem agoniado por que se encontra ilhado, cercado de liberais por todos os lados, lutando pela preservação de sua fé.

6. Educação escolar cristã – O tema da Educação Cristã está muito próximo ao coração de todos os três blogueiros, que, de uma forma ou de outra, se encontram envolvidos na promoção do ensino de todas as áreas de conhecimento, partindo de uma cosmovisão bíblica. Uma das atividades que mais tem nos animado é o curso de pós-graduação (Lato Sensu) realizado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie – Fundamentos Cristãos da Educação. Em paralelo, interagimos com o desenvolvimento e disponibilização do Sistema Mackenzie de Ensino – produção de livros escolares que já são adotados por uma centena de escolas. Esse trabalho de edição continuou em 2010, já cobrindo desde o maternal até o término do Ensino Fundamental I. Nesse tema tivemos três posts, em 2010, todos de autoria do Mauro. Em março ele deu, em uma entrevista reproduzida no blog, um panorama da educação escolar cristã, no Brasil, destacando várias instituições que a promovem, inclusive a ACSI. Em abril, ele notificou sobre a participação no programa de televisão "Vejam Só!", no qual abordou o papel da igreja e das escolas, apontando formas de cooperação e os limites, entre essas instituições. Em maio ele informou sobre encontro de educadores cristãos, na cidade de Belo Horizonte. Aproveitando para dar a notícia em primeira mão, o próximo congresso da ACSI será em São Paulo, de 23 e 24 de junho de 2011.

7. Denominação – A nossa denominação, a Igreja Presbiteriana do Brasil, foi grandemente abençoada neste ano. O Supremo Concílio, a maior reunião conciliar dela, ocorreu em Curitiba no mês de julho e em Aracruz, ES, em sessão extraordinária, no mês de novembro de 2010. No mês de julho, Augustus escreveu dois posts, sobre a IPB, substanciando as decisões conservadoras que emanaram do Supremo Concílio, mostrando os rumos da denominação, que se recusa a abandonar os padrões doutrinários firmados nas Escrituras Sagradas e não se apega aos modismos eclesiásticos que têm contaminado tantas denominações e estruturas religiosas ao redor do mundo. Além disso, testemunhamos, com alegria, a nossa denominação firmando relacionamentos e abrindo portas de comunicação com outras denominações reformadas de várias nações, que, à semelhança da IPB, prezam a Bíblia, como inerrante Palavra de Deus, e reconhecem na teologia da Reforma do Século 16 as verdades e ensinamentos sistematizados das Escrituras Sagradas.

8. Conferências e eventos internacionais – em 2010 continuamos envolvidos com a organização, promoção ou participação em diversos eventos e conferências, alguns dos quais encontraram divulgação neste blog. Em janeiro a presença do Michael Horton no Brasil, que ocorreria em março, foi registrada pelo Mauro, bem como a própria divulgação no mês da conferência, enquanto que o Augustus deu um relato do congresso. Ainda em março, Mauro divulgou a presença do Derek Thomas, professor do Reformed Theological Seminary, que ministrou entre nós. Em abril recebeu atenção o Encontro da Fraternidade Reformada Mundial, onde vários companheiros, junto com o Mauro e o Augustus, reencontraram diversos amigos e ex-palestrantes internacionais, que vieram ao Brasil em anos anteriores, como o Os Guiness, encontro devidamente registrado pelo Mauro. Ele também divulgou, em abril, o III Simpósio Internacional – Darwinismo Hoje, que ocorreu no final daquele mês, com excelentes palestras e ótima repercussão de público e de mídia. Por último, o Mauro registrou, em julho, a presença de Lou Priolo, que trouxe palestras na Palavra da Vida de Caldas Novas, Goiás, no início de agosto, sob o tema: "Em busca de restauração: o papel do aconselhamento bíblico na igreja e na família".

9. Política e as eleições – Em um ano de eleições a política e o tema do governo e a Bíblia não poderiam estar ausentes dos nossos assuntos. Três posts do Solano trataram dessa área. Em setembro ele discorreu sobre a Eleição e os Políticos. Em outubro, com a realidade do segundo turno, a questão se tornou mais específica e foram dadas razões para a percepção e persuasão do autor, perante a conjuntura eleitoral. Ainda em outubro, um último texto procurou trazer a visão bíblica do governo e dos governantes, perguntando: "Afinal, quando começou e para que serve o governo"?

10. Notas sociais e humor – Em agosto Augustus registrou o evento social do ano – o casamento da Norma e do André, ocorrido em 31 de julho de 2010. Ele também postou, neste mês de dezembro, as felicitações de final de ano aos nossos leitores. Apesar de tratarmos de coisas sérias, procuramos permear de humor os nossos posts, quando não estamos excessivamente cáusticos e a dieta de limão fica fora do cardápio, por algumas semanas. Nem sempre funciona, ou somos mal entendidos. Para completar as 43 postagens do ano, anotamos que, em fevereiro, um descontraído post, do Mauro, trouxe uma matemática eclesiástica que desafiou as mentes mais argutas dos nossos amigos leitores e trouxe uma variedade de sugestões e equações religiosas, nos comentários.

11. As coisas que não comentamos – Na frase abaixo do nome do nosso blog, "Reflexões fortuitas de alguns calvinistas sobre praticamente tudo, com destaque a temas de religião, cultura e valores morais", chama atenção o "praticamente tudo". Muitos sugeriram ou pediram comentários em situações que não foram abordadas em nossos textos. E é verdade que gostaríamos de ter escrito sobre muito mais coisas do que conseguimos. Por exemplo, nos mantivemos fora da arena futebolística, nem sequer chegamos a comentar, em junho, o desastre da Copa do Mundo, na África do Sul – desastre para o Brasil, mas que deixou uma bela infra-estrutura àquele país, da qual usufruí (Solano), no mês seguinte ao dos jogos.

Outro post que ficou nas intenções, apenas, foi o relato de minha (Solano) abençoada viagem a Moçambique. Viajei para lá em julho, onde tive a oportunidade não somente de interagir com outra cultura extremamente simpática e paralela à nossa, mas prezar da comunhão dos irmãos da Editora FIEL, enquanto trazia a Palavra de Deus a quase 400 participantes, na 11ª conferência anual de pastores e líderes que esses irmãos promovem naquele país irmão.

Imperdoavelmente, não comentamos sobre o resgate dos Mineiros (alguns acharam que era um plano para o Clube Atlético Mineiro ganhar o Campeonato Brasileiro...) no Chile; emocionante e incrível – 69 dias no ventre da terra! O incidente, além de expor as perigosas condições de trabalho dos mineiros, resultou em uma história que uniu determinação, persistência, tecnologia e solidariedade, dando uma clara demonstração do que a graça comum de Deus possibilita que a humanidade realize.

Depois de falar consideravelmente sobre política, ainda não comentamos a eleição da nova presidente do Brasil – mas isso faremos logo no início de 2011!

Também não comentamos vários assassinatos bárbaros, que ocorreram em 2010. Entre esses, o da Eliza Samúdio, cujo maior suspeito é o ex-goleiro do Flamengo, Bruno. Esse crime ocorreu em um contexto de vidas desregradas alimentadas pelo excesso de dinheiro e escassez de moralidade: situação presente na vida de tantas pessoas afluentes que povoam nossa sociedade. Outro assassinato, digno de comentário, foi o do Glauco Vilas Boas, cartunista famoso da Folha de São Paulo, ocorrida no bojo da demência provocada pelo Santo Daime e outras tantas drogas – que são condenadas da boca para fora por expoentes sociais e pela grande imprensa, como instituição, mas consumidas avidamente, por muitos dos que a fazem e nela atuam.

Semelhantemente nada comentamos sobre as aventuras e bravatas de Hugo Chavez, o bufão par excellence da América Latina, que tira um coelho comunista da cartola todo o mês, culminando, neste dezembro, com a assunção de mais poderes ditatoriais que resultarão em mais agonia e tristeza a esse país irmão.

Não chegamos, igualmente, a repercutir os trágicos acontecimentos no Rio, em novembro; tanto o desvario da criminalidade desenfreada, como as ocupações dos morros do Cruzeiro e do complexo do Alemão. Reconhecemos que essa situação é por demais importante no caldeirão social em ebulição em que estamos inseridos, mas os acontecimentos nos apanharam em meio a outras batalhas e na intensidade de responsabilidades funcionais.

Nem tocamos no lançamento do iPad no Brasil, até porque dois dos blogueiros já estão viciados nele, apesar de só um dos dois tê-lo fisicamente, em mãos!

12. Um registro necessário e uma palavra de solidariedade – No mês de novembro o nosso companheiro Augustus Nicodemus foi alvo de intensos ataques pessoais por homossexuais e simpatizantes da causa, numa demonstração da injustiça e intolerância que têm marcado a militância desse segmento da sociedade. O que ele fez, neste mês, para despertar a ira e furor que levaram o seu nome a ser propagado em diversos sites e na imprensa, culminando com um pequeno protesto realizado nas cercanias da instituição que trabalha? Especificamente, nada! Desde 2007 um registro na sua página funcional apontava a posição pública tomada pela Igreja Presbiteriana do Brasil, contra o aborto e contra o PL 122/2006, que procura impingir a toda sociedade uma mordaça na emissão de opiniões que são contrárias ao estilo de vida dos GLTB. Esse texto foi "descoberto" por homossexuais, neste novembro de 2010, gerando movimento e falatórios, na internet. O texto foi capciosamente apresentado como uma expressão "a favor da homofobia". Os sentimentos heterofóbicos foram então aguçados pela militância e nosso companheiro foi alvo de baixaria e de virulentos ataques, dos quais nem mesmo a sua família esteve protegida: muito curioso, para os pretensos defensores da liberdade de expressão, da suposta paz e do suposto amor.

Em nosso blog existem, já há vários anos, de autoria dos que subscrevem este post, alguns pronunciamentos contra a aprovação do malfadado PL 122. Não queríamos colocar "lenha no fogo", na ocasião, e mantivemos um silêncio planejado durante as semanas nas quais a controvérsia atingia o ápice. Mas os textos continuam aqui, para quem quiser acessá-los.

Com prazer constatamos que várias pessoas e muitos evangélicos se levantaram em defesa desse direito de liberdade de expressão e do nosso companheiro. Diversas manifestações pessoais foram emitidas, e aquelas de procedência externa validaram ainda mais a justiça da causa, restaurando a verdade de fatos que estavam sendo distorcidos. Um manifesto específico foi rapidamente publicado em mais de 8 mil sites, sendo referido, no Google, em mais de 30 mil citações. O texto foi traduzido para o inglês, alemão, holandês, espanhol e francês e divulgado extensamente no exterior. Posteriormente, outro texto, igualmente traduzido e publicado internacionalmente, deu um fecho verdadeiro nos relatos. Surpreendentemente, até a Folha de São Paulo, a propósito dos incidentes, publicou um editorial, em 30.11.2010, defendendo a liberdade de expressão e demonstrando a necessidade de que vozes contraditórias ao PL 122 não fossem silenciadas. Em 04.12.2010 a mesma Folha publicou um artigo do vereador Carlos Apolinário, igualmente contra o PL 122, também defendendo a posição e a pessoa do Augustus. Ainda outra voz que saiu em sua defesa, na esfera da grande mídia, foi a do repórter e escritor Reinaldo Azevedo em dois textos de ampla circulação.

Neste final de ano, portanto, queremos deixar registrada nossa solidariedade irrestrita ao Augustus, por ter sido atacado e vilipendiado na medida em que registrou padrões bíblicos de justiça e de comportamento. Sem promover o ódio, a discórdia e sem dar acolhida a qualquer forma de violência física contra qualquer pessoa, ele simplesmente exerceu a livre expressão garantida por nossa constituição, proclamando valores eternos de proteção da família e da moralidade, tão desprezados por muitos dos nossos contemporâneos.

Em 2011 esperamos continuar refletindo nossa compreensão do mundo em que vivemos, sem obrigações e comprometimentos para com prazos ou com assuntos específicos, até porque nossas atividades diárias não nos permitirão abordar tudo o que gostaríamos.

Solano e Mauro

Solano Portela

Postado por Solano Portela.

Sobre os autores:

Dr. Augustus Nicodemus (@augustuslopes) é atualmentepastor da Primeira Igreja Presbiteriana de Goiânia, vice-presidente do Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana doBrasil e presidente da Junta de Educação Teológica da IPB.

O Prof. Solano Portela prega e ensina na Igreja Presbiteriana de Santo Amaro, onde tem uma classe dominical, que aborda as doutrinas contidas na Confissão de Fé de Westminster.

O Dr. Mauro Meister (@mfmeister) iniciou a plantação daIgreja Presbiteriana da Barra Funda.

15 comentários

comentários
Norma
AUTOR
29/12/10 23:25 delete

Adorei a retrospectiva. Parabéns aos Temporinos!!! Foi um ano excelente, muito produtivo, que se encerrou com a chave de ouro da presença cristã na luta contra a mordaça politicamente correta.

Deus os abençoe igualmente no ano de 2011!

Abração!!!

Responder
avatar
R.
AUTOR
30/12/10 00:51 delete

Parabéns ao Solano, Mauro e Augustus pelo excelente blog!

Que Deus permita um 2011 ainda melhor para vocês e para o Tempora-Mores.

Responder
avatar
30/12/10 04:48 delete

Apesar de discordar de algumas interpretações bíblicas calvinistas; acompanho, recomendo e adimiro o relevante trabalho deste blog! Parabéns e um ótimo Ano Novo a todos!

Soli Deo Glorias
souteologico.blogspot.com

Responder
avatar
suva
AUTOR
30/12/10 09:36 delete

Parabens, fantastico review do proprio blog....

Vou aproveitar a oportunidade e me permitir fazer uns pedidos aos autores do blog srsrs... apenas dois... que me aguçam a curiosidade pessoal :)

A questão da conversão ao catolicismo de alguns pastores presbiterianos nos Estados Unidos, creio que da IP mais liberal não...?

e uma opinião sobre as traduções bíblicas existentes e um certo receio em relação as novas traduções por equivalência dinaminca e com recurso a novas descobertas em manuscritologia . Acho curioso que o pr Luís Sayão seja o mesmo responsável pela NVI e pela Almeida 21... duas traduçãoes com objectivos bem diferentes.

Era legal tb um vez por outra publicar uma lista de bons livros que os autores estejam lendo ou que vão descobrindo.

Cumprimentos
Nuno Coelho - Portugal

Responder
avatar
30/12/10 19:57 delete

Ao Pb. Solano, Revs. Mauro e Augustus,

mais do que desejar um "Feliz Ano Novo" desejo q nesse ano vcs possam continuar mostrando-se tão densos em fé e consciência cristã como o foram nesse q está passando.

Que o blog como instrumento moderno de divulgação do pensamento cristão reformado continue a existir e sempre alcance o objetivo para o qual foi criado.

E, como não tenho nenhuma esperança ou expectativa de que vivamos tempos mais amenos em relação à evolução moral e cristã dos nossos contemporâneos concidadãos, creio q vcs mais expostos "à mídia" serão mais cobrados e sofrerão maior perseguição.

Por isso, que Deus me permita tê-los sempre nas minhas orações.

Mas não esmoreçam: "preguem a tempo e fora de tempo", instam, sejam ousados e intrépidos e continuem fazendo sempre o papel de verdadeiros evangelistas. Sei q essas palavras fazem parte do coração de vcs!

Que Deus os cubram de bençãos e os encham daquela paz própria dos obreiros conscientes do papel que fazem.

Deus abençoe vcs.
abraços,
angelica.

Responder
avatar
31/12/10 00:43 delete

Somos realmente privilegiados por termos em mãos temas tão relevantes, postados de maneira tão clara, sem contudo perder a erudição.
Parabéns aos que colaboram com o blog, e que no ano que se aproxima,
a produção continue, para nosso deleite e aprendizado.
Deus os abençoe.

Responder
avatar
Casal 20
AUTOR
31/12/10 09:36 delete

Uau! Muito boa retrospectiva: a igreja de Jesus, verdadeiramente, é militante!

E que Deus continue a derramar conhecimento e sabedoria sobre os amados.

Este blog é bárbaro!

Feliz 2011!

Responder
avatar
31/12/10 15:23 delete

Irmãos,

Esta é uma pequena forma de agradecer o seu apoio em 2010:

www.internautascristaos.blogspot.com/2010/12/agradecimentos-aos-parceiros.html


Feliz 2011,

Em Cristo,

Tiago Vieira

Responder
avatar
31/12/10 18:29 delete Este comentário foi removido pelo autor.
avatar
31/12/10 18:31 delete

Caros leitores seguidores... Obrigado pelas boas palavras e incentivo. Ao Augustos e Solano por me tolerarem no blog. Ao Senhor de toda glória, pela sua infinita graça.

Que o meu desejo de vê-los abençoados em 2011 seja o desejo dAquele que abençoa de fato.

Responder
avatar
Cicero
AUTOR
31/12/10 20:30 delete

Um 2011 abençoado a todos.

Responder
avatar
1/1/11 14:33 delete

AH faltou comentar mais uma coisa em 2010: No ano do centenário, o Corinthians não ganhou nada!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder
avatar
Darius
AUTOR
3/1/11 19:11 delete

Será que um dia vocês publicam um livro com os posts desse blog? Já tem até o título: "O Tempora O Mores" dividido de acordo ao tópico semlhante a este resumo e incluindo alguns comentários e suas respostas aos blogueiros?

Não deveria demorar muito já que os textos já foram escritos... Igual a este blog, um livro repleto de uma análise cristã dos tempos em que vivemos é de grande valor e alcança uma audiência que não freqüenta ler blogs.

Um abraço,

Darius

Responder
avatar
4/1/11 01:38 delete

Olá. Tenho visto muitos amigos lendo o autor Brennan Manning, que me parece ser ligado à igreja emergente e não tenho lido bons comentários acerca de sua teologia, mas parece ser o autor da moda... vende bem e fala o que todo mundo gosta de ouvir. Poderiam fazer alguma reflexão sobre os pontos doutrinários abordados em suas obras? Gratos!

Responder
avatar
7/1/11 16:58 delete

Paz e graça!
Visite o meu blog WWW.THIAGOPELAFE.BLOGSPOT.COM, comente, siga, divulgue.
Abraço!

Thiago N. Fonseca

Responder
avatar